NAC joga bem, cria as melhores chances, mas fica no empate com o Serranense, fora de casa

Mesmo jogando fora de casa, o Nacional foi o time que criou as melhores oportunidades no duelo contra o Serranense, válido pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II.

A partida foi disputada na Arena do Calçado, em Nova Serrana, e teve um primeiro tempo com poucas oportunidades de gol para ambas as equipes.

Mas no segundo tempo o NAC voltou mais ligado e criou pelo menos três oportunidades claras, com Matheus do Ó, que chutou para fora após a bola sobrar dentro da área; com Igor Salles, que saiu na cara do goleiro, mas parou na excelente defesa de Thúlio e quando Lucas Sales fez uma grande jogada pela esquerda, cruzou rasteiro na pequena área, mas faltou alguém para empurrar para o fundo das redes.

Apesar das chances desperdiçadas, o empate pode ser considerado um bom resultado, pois, além de jogar fora de casa, o Serranense é um adversário direto na luta por uma vaga na próxima fase e vinha de três vitórias em três jogos em Nova Serrana.

O resultado levou o Nacional a 10 pontos na classificação oficial da Federação Mineira, ocupando a 6ª posição.

O próximo desafio será diante do Democrata de Sete Lagoas, na segunda-feira, às 20h, no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé.

 

Clique aqui e confira fotos da partida

 

FICHA TÉCNICA

SERRANENSE 0 x 0 NACIONAL

Motivo: Módulo II do Campeonato Mineiro

Data: 23/03/2019 (Sábado)

Hora: 16h

Local: Arena do Calçado (Nova Serrana)

Árbitro: Adílio Ribeiro da Silva

Auxiliares: Leandro Salvador da Silva e Helbert Tavares Miranda

Cartões Amarelos: Igor Caldeira, Rodrigo Paulista, Ronald e Léo Flores (NAC); Vinicius Rosa, Usiel e Thiaguinho (Serranense)

Cartão Vermelho: Nacional: Mateus Jorge (40”2ºT)

SERRANENSE

Thúlio; Usiel, Paulo Roberto, Vinicius Rosa e Hugo (Breno, int.); Michel Elói, Miguel e Wendel (Cassiano, 24”2ºT); Thiaguinho, Anderson (Filipinho, 9”2ºT) e Wellington. T: Gustavo Rodrigues

NACIONAL

Léo Flores; Jairo, Igor Caldeira, Bruno Simões e Matheus do Ó (Joãozinho, 36”2ºT); Rodrigo Paulista, Léo Índio e Ronald (Lucas Sales, 18”2ºT); João Willian, Igor Salles (Mateus Jorge, 31”2ºT) e Gleisson. T: Duílio

Deixar um comentário