NAC segura empate contra o líder Coimbra e decide vaga na semifinal em casa

O Nacional foi até Sete Lagoas e voltou com um ponto importante na luta pela classificação para as semifinais do Campeonato Mineiro do Módulo II. Enfrentando o líder Coimbra, o NAC conseguiu segurar o empate em 0 a 0.

Com o resultado, o Nacional foi a 17 pontos e permanece na 4ª colocação, faltando apenas uma rodada para o fim da primeira fase.

No próximo sábado, às 16h, o NAC recebe o Athletic no estádio Soares de Azevedo dependendo apenas de si para assegurar a classificação. Uma vitória garante a vaga, independente de outro resultado. Até mesmo um empate praticamente assegura a classificação, desde que o CAP Uberlândia não vença o Democrata-SL por seis gols de diferença. Em caso de derrota do NAC, resta torcer para que o CAP não vença.

 

O jogo

Jogando fora de casa contra o líder, o NAC não se acovardou e partiu para cima do adversário. Os primeiros 30 minutos da partida foram de domínio nacionalino, com direito a gol anulado de Igor Salles, por impedimento.

Aos poucos, o time da casa foi se acertando na partida e levou perigo, principalmente nos chutes de longe, que pararam nas defesas de Léo Flores.

Na segunda etapa, o Coimbra teve mais a posse de bola, apesar de não conseguir ser tão efetivo. O NAC tentou ainda armar jogadas de contra-ataques, mas também não obteve sucesso. A reclamação fica por conta de um pênalti claro não marcado para o Nacional.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

COIMBRA 0 x 0 NACIONAL

Motivo: Módulo II do Campeonato Mineiro

Data: 13/04/2019 (Sábado)

Hora: 16h

Local: Arena do Jacaré  (Sete Lagoas/MG)

Árbitro: Vinicius Marcius Santos Marinho Gil

Auxiliares: Marciano Pires de Lima e Everton Almeida Pinto

Cartões Amarelos: Gleisson e Elder (NAC); Thalis e Dudu Pitbull (Coimbra)

COIMBRA

Glaycon; Vitor Hugo, Carciano, Diogo e Thiago Balaio; Dudu Pitbull (Thomás, 30”2ºT), Lucas Paranhos e Thalis (Matheus Lima, 28”2ºT); Bruninho (Thales Lima, 38”2ºT), Igor e Bruno Mineiro. T: Diogo Giacomini

NACIONAL

Léo Flores; Jairo, Elder, Bruno Simões e Matheus do Ó (Joãozinho, 9”2ºT); Rodrigo Paulista, Léo Índio e João Willian; Igor Salles, Lucas Sales (Mateus Jorge, 35”2ºT) e Gleisson (Wagner Jr, 28”2ºT). T: Duílio

 

Deixar um comentário